FLORIANÓPOLIS/SC – Parte III – Passeio de Escuna –   Leave a comment

FLORIANÓPOLIS/SC - Parte III - Passeio de Escuna -

Enfim a terça-feira chegou e, com ela o tão esperado passeio de escuna. Como eu já disse, o pacote que eu escolhi no hotel já incluía esse passeio (pagamos R$20,00 a mais por diária, o que deu um total de R$120,00, já que foram 6 diárias). Como somos 4, deu R$30,00 por pessoa – os ingressos para a escuna. Achamos muito caro, pois não fomos avisados pelo hotel (nem na hora da reserva por telefone, nem no balcão da recepção do hotel na hora de sair para o passeio) de que teríamos que desembolsar mais R$15,00 para estacionar no pátio do pier, além de uma taxa de R$10,00 para cada adulto + R$5,00 cada estudante, referente à visitação de duas ilhas. E ainda havia uma 3ª parada para almoçar, sendo que, obviamente, esse almoço (R$20,00 por pessoa) também não estava incluso no pacote. Total do prejuízo: R$125,00 + os R$120,00 da escuna, fora as bebidas consumidas no restaurante e no barco, onde eles não serviam nem mesmo água de cortesia. Nosso barco foi o Fantástico – Sonhador, que faz parte da frota da Scuna Sul, mas peguei um panfleto de uma outra empresa, a Escuna Martin que cobrava ainda mais caro: R$50,00 por pessoa + R$20,00 do almoço.
Enfim, como o passeio é bem longo – saímos às 11h e retornamos às 17h, aproximadamente 6 horas de duração – ele é bem cansativo, toma o dia todo. Mas para quem gosta de passear de barco, conhecer lugares exóticos e curtir a natureza é um prato cheio, pois nas visitas às ilhas, há mirantes com vistas espetaculares de 360° com visual da Ilha de Santa Catarina e do continente, além de todo aquele marzão azul.
Ainda há visitações a fortes, museu e banho de mar.
Paramos 1º na Ilha de Ratones Grande para conhecer a Fortaleza de Santo Antônio, depois na Ilha de Anhatomirim, onde há um museu e a Fortaleza de Santa Cruz e, em seguida paramos para almoçar e tomar banho de mar com vista para a baía dos Golfinhos – uma APA (Área de Preservação Ambiental) e retornamos para o trapiche da Scuna Sul, no Centro de Floripa.
Este roteiro – Dia da Fantasia – parte do Centro, mas há outros também que partem de Canasvieiras, com 3 ou 5 horas de duração.
Crianças de até 5 anos não pagam ingresso e de 6 a 12 anos têm 50% de desconto.
É bom eu lembrar que eles NÃO ACEITAM cartões de crédito (um absurdo nos dias de hoje!). E eles avisam que podem cancelar o passeio, caso não seja atingido um número mínimo de passageiros (nós não fomos avisados disso, mas acho que é porque nessa época os barcos sempre saem lotados – nosso barco estava com a capacidade máxima, 100 pessoas, se não me engano).

Como nesse dia eu tirei muitas fotos boas, decidi postar somente fotos do passeio no post de hoje – veja o quadro (*) no final do post. Mas há alguns dados (**) interessantes sobre Floripa que gostaria de falar pra vocês:

A Ilha de Santa Catarina é parte do município de Florianópolis e tem cerca de 54 km de comprimento (norte–sul) por, no máximo 18 km de largura (leste–oeste), ao norte – o ponto mais ao norte que nós fomos foi a Praia dos Ingleses (em dezembro), mas ainda tem a Praia Brava e a Praia da Lagoinha mais pra cima. E o ponto mais ao sul que visitamos foi o Ribeirão da Ilha, sendo que ainda há várias praias mais abaixo. A de Naufragados é a que fica mais pro sul – totalizando uma área de 424,4 km².

Menos de 3% da cidade fica no continente. A maior parte do município de Florianópolis (97,23%), capital do estado de Santa Catarina, fica na Ilha de Santa Catarina.

O centro da cidade fica na região centro-oeste, havendo diversos bairros e distritos distribuídos no restante da ilha:
os bairros da Carvoeira, Córrego Grande, Itacorubi, Pantanal, Santa Mônica e Trindade (onde fica a UFSC) localizam-se no centro da ilha;
ao noroeste ficam Santo Antônio de Lisboa, Cacupé, Sambaqui, a Barra do Sambaqui e a Praia da Daniela;
no norte estão as localidades de INGLESES, CANASVIEIRAS e JURERÊ (nós conhecemos essas três praias);
no centro-norte estão Ratones, Vargem Grande e Vargem Pequena;
no nordeste o Rio Vermelho;
no leste a Barra da Lagoa, a LAGOA DA CONCEIÇÃO (onde fomos duas vezes), Rio Tavares e Campeche;
no sudeste estão o Morro das Pedras e Armação do Pântano do Sul;
no sul o Pântano do Sul e a Costa de Dentro;
no centro-sul a Costa de Cima;
no sudoeste a Caieira da Barra do Sul e o RIBEIRÃO DA ILHA, (onde demos uma volta e fomos jantar com uma belíssima vista da Baía Sul – falo no próximo post).

A ilha é a maior de um arquipélago constituído por mais de 30 ilhas, sendo a maioria das ilhas pertencente ao município de Florianópolis. Além dessas, fazem parte do arquipélago ilhas de municípios vizinhos como a ILHA DE ANHATOMIRIM (que visitamos no passeio de escuna), Ilha das Cabras, Ilha do Arvoredo, Ilha Deserta e Ilha Galés entre outras.

A ilha de Santa Catarina é ligada ao continente por três pontes, a ponte Hercílio Luz (que no momento está interditada para obras), a ponte Colombo Salles e a ponte Pedro Ivo Campos (essas duas últimas são paralelas, a 1ª leva ao continente e a 2ª à Ilha de Santa Catarina). Estas pontes vencem um canal que tem cerca de 500 metros de largura e até 28 metros de profundidade. O estreito formado dá nome a um dos bairros continentais da cidade (Estreito) e delimita as baías Sul e Norte.

Espero que vocês tenham gostado das fotos e das informações.
Aguardem o próximo post em breve com a continuação de nossa segunda viagem a Floripa, essa cidade linda e encantadora.

Bye…. 😉

(*) FOTOS:
1ª coluna
1) a Escuna atracada no pier da 1ª Ilha que visitamos – Ratones Grande
2) foto tirada do alto da Fortaleza de Santo Antônio, na Ilha de Ratones Grande
3) Nós 4 no alto do Forte de Santo Antônio, construído no séc. XVIII
4) Isadora durante o passeio (retorno)

2ª coluna:
5) Fortaleza de Santo Antônio em Ratones Grande
6) foto panorâmica do alto do Forte Santo Antônio com a vista da baía norte
7) esqueleto de uma baleia Cachalote, que ficou encalhada na Ilha há muitos anos atrás na Ilha de Anhatomirim
8) vista da Ilha de Santa Catarina na chegada.

(**) Dados extraídos da Wikipédia

Anúncios

Deixe um comentário aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: