VIDA SAUDÁVEL – Parte V – EXERCÍCIOS FÍSICOS –   1 comment

VIDA SAUDÁVEL – Parte V – EXERCÍCIOS FÍSICOS –

Tudo bem, pessoal?!

Comigo, graças a Deus vai tudo muito bem. Principalmente depois que mudei meus hábitos alimentares e passei a fazer exercícios físicos. A rotina de exercícios pela manhã me deixa muito bem disposta e pronta para enfrentar o restante do dia. Quem aí é assim? Quem prefere treinar à tarde? Ou à noite? Cada um tem um ritmo e um relógio biológico diferente e não importa em que horário você treina. Importante mesmo é não deixar de se exercitar.

Depois que passei dos 40 comecei a perceber certas coisas que antes eu não notava. Uma delas é que passei a engordar com mais facilidade e passei a ter mais dificuldade de emagrecer. Antes eu fazia dietas rápidas e perdia peso, não com facilidade, mas com menos dificuldade. Com o passar dos anos essa dificuldade aumentou. Outra coisa é que a lei da gravidade é realmente cruel, especialmente com as mulheres, então o jeito era tomar uma atitude radical. Não podia mais ficar vendo o tempo passar e só observar os seus efeitos em meu corpo. A matrícula numa academia era necessária, porque eu nunca fui de ter muita disciplina pra malhar em casa. As minhas caminhadas na praia ou no calçadão eram esporádicas e sujeitas a chuvas e ventanias, literalmente. Na academia eu fico mais focada, tenho um plano de exercícios (minha ficha de treinos) e ainda por cima as chuvas deixam de ser desculpas pra não ir, pois o treino é “indoor”.

Peguei um pacote completo com direito a musculação + aulas (exceto pilates de aparelhos), assim as minhas atividades seriam bastante diversificadas e não teria como enjoar.
Comecei fazendo um treino completo e com duração de 2 horas a 2 horas e meia. Fazia um pouco de aeróbio na esteira ou elíptico para aquecer e depois subia para as aulas. Ao final da aula, eu me hidratava, descansava uns 15 minutos e dava início ao meu treino de musculação, seguindo minha ficha, com 2 treinos para alternar a cada dia, trabalhando diferentes grupos de músculos.
Voltando às aulas da 1ª etapa, vou fazer um resumo. Cada aula com duração entre 50 minutos a uma hora e a cada dia eu fazia algo diferente:
• Spinning (bike)
• Jump (mini cama elástica)
• Step/GAP (degrau)
• Local (localizada)
• Alongamento
• Abdominal class
• Fit Ball (aquela bola grande)
• Total Fitness (aula bem diversificada)
• Pilates Solo
Há outras modalidades, mas essas foram as que eu escolhi. Confesso que não gostei muito do Jump, devido ao ritmo intenso e coreografia muito dinâmica. Eu ficava tensa, com medo de cair da cama elástica. Rsrsrsrsrs.. Então fiz apenas umas duas aulas e desisti. Preferi partir para outras aulas diferentes.
Algumas são as minhas favoritas e eu fiz mais vezes, como:
FIT BALL (amo fazer exercícios naquela bola, principalmente os de abdominais, que se tornam mais fáceis de executar com ela). Algumas aulas de PILATES SOLO também são feitas com a Fit Ball, são as mais gostosas de fazer na minha opinião;
Também o SPINNING (nunca fui fã de bicicleta ergométrica, mas as aulas são sensacionais). Pedalar ao som de música bem alta, juntamente com a professora e os alunos deixa tudo mais animado. E vou te contar… queima MUITAS, MUITAS CALORIAS! Meu objetivo era afinar as pernas, especialmente as coxas e consegui graças às aulas de bike;
Uma aula que acho muito importante e necessária é a de ALONGAMENTO. Infelizmente na academia que frequento só tem uma aula semanal, às sextas-feiras. Na minha opinião deveria ter todos os dias, pois é muito bom terminar o treino e fazer um bom alongamento. Essa é uma das aulas que mais amo fazer. A bola também pode ser utilizada para nos alongar. Bom demais!

Bom, existem diversas modalidades de aulas de ginástica e dança. Vocês devem experimentar todas as que tiverem interesse e fazer aquelas que mais gostarem. A maioria das academias oferece aulas experimentais gratuitas. Algumas aulas que sei que tem na academia que eu vou são:
Core/Combat, Cintura/Abdominal, Zumba, Ritmos, Jazz, Samba, Lambada, Dança do Ventre, Treino Funcional, fora as já citadas acima.
Não importa quais ou quantas você faz. Importa é que você ponha seu corpo em movimento.
Você pode também praticar algum esporte ao ar livre, nadar, surfar, velejar, pedalar, patinar, ou simplesmente correr e caminhar. O que não pode é a gente ficar parado, senão “enferruja” tudo. kkkkk
Fazer exercícios todos os dias melhora muito a circulação sanguínea, favorece o sistema cardio-pulmonar, diminui os índices de triglicerídeos, ajuda a emagrecer, tonifica os músculos, enfim… os benefícios são inúmeros.
Só tome o cuidado de consultar um médico antes de se matricular em uma academia para verificar se está tudo OK com você, até porque as academias exigem um atestado médico para efetuar a matrícula. Não esqueça de pedí-lo ao seu médico.

Antes eu não gostava de me exercitar, odiava musculação e tinha preguiça pra tudo. Hoje eu A-DO-RO treinar e sinto muita falta no dia que não vou. Além de tudo eu não conseguia correr, só caminhar. Dois minutinhos de corrida me deixavam com a respiração ofegante. Depois de algum tempo me exercitando e com uma alimentação mais correta eu fui começando a dar corridinhas de 3 a 4 minutos, intercaladas com a caminhada. Fui aumentando o tempo e a intensidade da corrida e hoje já consigo correr 20 minutos. Ainda é pouco, mas comigo as coisas funcionam melhor se for assim, aos poucos.
Mais uma DICA: Ouvir música com um fone de ouvido me ajuda muito a correr. A música mais acelerada mantém meu pique e os minutos passam quase sem que eu perceba. Depois que saio da academia, tenho a sensação de dever cumprido, sinto mais disposição o dia todo. Sinto-me muito bem e fico tão feliz com isso que queria que todo mundo se sentisse assim. Sei que já disse isso antes, mas é que o sentimento é esse mesmo, é muito verdadeiro. Se todo mundo cuidar da alimentação e praticar exercícios físicos, o índice de doenças automaticamente irá diminuir, até mesmos as psicológicas, pois como diz aquela antiga frase: “Mente sã em corpo são.”

Depois que alcancei o meu objetivo – que era “secar” 10 quilos, meu foco mudou.
Hoje em dia, faço a musculação primeiro, pois não quero mais perder peso e sim enrijecer, fortalecer os músculos. Depois faço a parte aeróbia na ESTEIRA ou ELÍPTICO ou até mesmo no DEGRAU MASTER, que é uma espécie de escada, que a gente sobe toda vida, sem sair do lugar. É muito bom! Não tenho feito aulas, mas confesso que estou com saudades e vou voltar a fazer.
A minha DICA é: Nunca deixe de se alongar antes e depois dos exercícios, para evitar lesões.
Uma barra na academia ajuda bastante, mas na falta dela você pode fazer isso nas barras de apoio das esteiras ergométricas. 😉

Se você quer começar a se exercitar, mas está sem motivação, chame alguém pra fazer com você. Ou matricule-se na academia onde sua amiga já treina.

Mais uma coisa: estar de férias também não é desculpa para ficar parado. Afinal, você não vai querer por a perder em um mês tudo aquilo que levou o ano todo para conquistar, não é mesmo? Eu fiz um acordo numa academia na cidade onde fui passar minhas férias em dezembro, pagando 10 dias (o tempo que fiquei visitando meus pais) para mim e pra minha filha, que como já disse, é minha companheira de vida saudável, tanto na rotina de alimentação quanto nos treinos. Treinamos em academias diferentes, mas às vezes eu entro como convidada na academia dela (ela tem direito a levar um convidado 5 vezes por mês), então quando a minha academia não abre eu vou na dela, nos feriados ou domingos.
Procurar praticar esportes diferentes em cidades onde você está passeando também é bem legal. Em Florianópolis eu experimentei o Stand Up Paddle e adorei. Aqui na cidade que eu moro também é comum a prática, mas só resolvi testar quando estava viajando. Agora quero fazer em todo lugar que eu for. Rsrsrsss
DICA: Se for se hospedar em hotéis, procure os que possuem academia própria e dê um jeito – nem que seja no final do dia – de se exercitar ao menos por meia hora. Assim você garante a queima daquelas calorias extras do café-da-manhã, almoço e jantar em restaurantes. Aí o seu passeio será totalmente sem culpa quanto a experimentar a gastronomia local e você não precisa ficar se policiando tanto. Depois, quando voltar à rotina, estabeleça um horário ideal e volte com tudo.
Enfim, dê um jeito de encontrar equilíbrio em tudo o que faz. Assim, você vive melhor. 😉

Pessoal, este foi o último post da série VIDA SAUDÁVEL. Espero muito que vocês tenham gostado. Se eu conseguir motivar ao menos uma pessoa já me sentirei feliz.
Não espere mais. Não deixe para depois. Daqui há um ano você irá pensar que poderia ter começado hoje.
E aí, já marcou sua consulta? Já escolheu sua academia? Tá esperando o quê????…

Viva feliz! Viva bem!
Um beijo e fiquem com Deus! ❤

Anúncios

Uma resposta para “VIDA SAUDÁVEL – Parte V – EXERCÍCIOS FÍSICOS –

Assinar os comentários com RSS.

  1. Pingback: 10 DICAS fáceis para uma VIDA mais SAUDÁVEL – | BloGhetti

Deixe um comentário aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: