Arquivo da categoria ‘Alimentação Saudável

Omeletinhos saudáveis em forminhas   2 comments

Oi gente, tudo bem?

Hoje passei aqui para dar uma Dica de receitinha super-prática e rápida. Além de muito fácil de fazer, ela é super saborosa e ainda por cima é saudável. Como é feita em porções individuais é perfeita para levar de lanche para a escola, trabalho, passeios, etc. Gostoso quente e até mesmo frio.

Como vocês sabem eu sou muito fã de omeletes e estou sempre dando receitinhas dessa iguaria por aqui e lá no CLUBE DE RECEITAS – meu grupo de receitas no Facebook.

https://www.facebook.com/groups/347010862002017/?fref=ts

Hoje quero apresentar a vocês uma forma diferente e muito divertida de preparar a sua mini-omelete, usando recheios variados. O mais legal é que cada um pode montar o(s) seu(s) como preferir.

Vamos lá?…

OMELETINHO DE FORMINHA:

Você vai precisar de:

  • 1 tigela
  • 1 fouet (batedor de mão)
  • 1 forma para cupcakes (de preferência em teflon), mas pode ser também forminhas de empadas ou de Petit Gateau

Omeletinho de forminha 1

INGREDIENTES:

  • 5 ovos (claras e gemas)
  • 1/2 xíc. (chá) de leite desnatado
  • temperos a gosto (sal rosa e pimenta-do-reino branca)
  • cheiro-verde e orégano (opcionais)
  • óleo-de-coco (ou outra gordura para untar, se a forma não for de teflon)

SUGESTÕES DE RECHEIOS SAUDÁVEIS:

  1. peito-de-peru ou de frango
  2. queijo branco ou muçarela de búfala
  3. ricota com tomate-seco
  4. azeitonas sem caroço (verdes ou pretas)
  5. milho verde

DICA DA ANDRÉA:

Use tudo junto e misturado… rsrsrsrsrs

PREPARO:

  1. Bata os ovos na tigela e acrescente o leite e os temperos. Mexa mais um pouco até ficar homogêneo Omeletinho de forminha 2
  2. Despeje na forma untada
  3. Acrescente os recheios a gosto. (Você pode fazer um de cada sabor, ou como achar melhor, de acordo com o gosto dos convidados) Omeletinho de forminha 5
  4. Leve ao forno médio, pré-aquecido e deixe até dourar Omeletinho de forminha 6
  5. Retire cuidadosamente com a ajuda de uma mini-espátula ou faquinha de ponta fina.
  6. Sirva acompanhando uma bela salada ou como preferir.

Ideal para todas as ocasiões.

Omeletinho de forminha 7

Bom apetite!!!!!

E aí, gostaram dessa Dica? Quem fizer me conta, viu?

Um beijão. Fiquem com Deus e até o próximo post.

Bye….

🙂

.

 

Anúncios

RECEITA SAUDÁVEL E ECONÔMICA – QUEIJO COTTAGE E RICOTA CASEIROS –   2 comments

Oi gente, tudo bem com vocês???

A receitinha da semana é perfeita, porque além de muito saudável, saborosa e facílima de fazer, é também muito econômica, leva apenas 3 ingredientes baratinhos, que a gente sempre tem em casa. Você pode fazer agora mesmo.

Aprendi com a Michelle Franzoni, do Blog da Mimis http://www.blogdamimis.com.br que sempre dá DICAS supersaudáveis e fáceis de fazer. Ela é uma das minhas musas inspiradoras, que me ajudou demais no meu processo de reeducação alimentar (R.A.) e eu estou sempre a testar e compartilhar as receitinhas maravilhosas dela. 😉

A DICA de hoje é de como preparar dois queijinhos magrinhos e essenciais em qualquer dieta de emagrecimento ou simplesmente para manter uma alimentação saudável: o queijo Cottage e a Ricota. Os ingredientes são os mesmos e também o processo de preparo. O que vai definir qual queijo você vai fazer é a quantidade de soro que será drenado.

Cottage caseiro 5

Então vamos à receita?

COTTAGE & RICOTA CASEIROS: (Mimis)

INGREDIENTES: (para cada um)

  • 1 l. de leite
  • 4 a 8 colheres (sopa) de vinagre branco
  • 1 pitada de sal

PREPARO:

Numa panela ou caneco, ferva o leite. Assim que levantar fervura, apague o fogo. Adicione o vinagre aos poucos (uma colher de cada vez) e observe. Assim que o leite talhar já chega de vinagre. Lembrando que não se deve colocar vinagre demais para não alterar o sabor. Mexa um pouco e deixe descansar de 10 a 20 minutos para esfriar.

Você vai perceber que o soro se separa rapidinho. Despeje sobre uma peneira com uma tigela por baixo, para drenar o soro. Adicione o sal a gosto e misture bem.

Cottage caseiro 1 Cottage caseiro 2

* Se você quiser preparar o Cottage, basta deixar escorrer um pouco do soro, pois ele é um queijinho mais úmido.

* Se preferir fazer a Ricota, transfira o conteúdo da peneira para um pano de prato limpo e seco. Deixe escorrer bem, depois faça uma “trouxinha” com o pano e esprema bem. A Ricota é bem mais sequinha e necessita desse processo. Em seguida, coloque numa tigelinha para moldar. Aperte a superfície com uma colher para ficar bem firme e leve à geladeira. Depois é só desenformar e servir.

DICAS DA ANDRÉA:

  1. Você pode utilizar qualquer tipo de leite: desnatado, semi-desnatado ou integral. (A Michelle usou o semi e eu usei o desnatado). Quanto mais magrinho for o leite, menor será a quantidade de queijo produzida (e menos calórico também).
  2. O vinagre branco também pode ser qualquer um: de arroz, de álcool, de maçã… desde que seja branco.
  3. Na minha receita, (feita com leite desnatado de caixinha), eu usei 6 colh. (sopa) de vinagre de maçã.
  4. No lugar do vinagre, você também pode optar pelo suco do limão siciliano.
  5. O sal que usei foi o Sal Rosa do Himalaia (já falei de seus benefícios aqui) =>>  https://andreastips.wordpress.com/2015/02/10/sal-rosa-do-himalaia/
  6. Você pode usar qualquer outro tipo de sal (só não exagere na quantidade, devido ao sódio).
  7. Se quiser um Cottage mais molhadinho não deixe escorrer muito soro. Se achar que escorreu demais e ficou seco é só acrescentar 1 ou 2 colheres do soro e misturar novamente.
  8. Depois de prontos, você poderá acrescentar salsa picadinha, orégano ou qualquer outra erva fresca ou desidratada de sua preferência para decorar e dar sabor aos queijinhos.
  9. Você pode servir com torradinhas, grissinis, pães, panquecas, tapiocas, crepes ou para preparar receitas diversas. Use a sua imaginação.

Cottage caseiro 4 Cottage caseiro 3

Segundo a Michelle, o soro drenado serve para o preparo de outras receitas, incluindo refogados, arroz, legumes no vapor, etc. Esse soro é rico em proteínas e não deve ser descartado. Bom, mas eu tive que jogá-lo fora, pois ainda não aprendi essas tais receitinhas. Vou pesquisar mais sobre isso e falo aqui no blog, assim que testar. 😉

E aí, gostaram dessas DICAS?

Esses queijos são bem caros, principalmente o Cottage. Aqui em Santos ele está na faixa de R$14,00 o pote de 400g.

O meu foi feito com leite desnatado e por isso rende bem pouquinho. Coloquei num potinho de Cottage de 200g. (que custa em torno de R$8,00), ou seja, representa uma grande economia, já que o leite custa mais ou menos R$2,00 o litro e o custo do vinagre e do sal são praticamente zero, levando em consideração a quantidade gasta.

Achei que não poderia deixar de dividir essa DICA preciosa com vocês.

Testem e me digam o que acharam, OK?

Um super-beijo, tenham todos um excelente fim-de-semana e fiquem com Deus.

🙂

.

Receitinha saudável – FRANGO GRELHADO COM CREME DE ESPINAFRE –   1 comment

Boa tarde, “mozamores“, tudo bem??

Essa semana está deliciosa por aqui, testando novas receitas e com isso, o nosso bloguinho fica recheado de gostosuras… Huummm…..

É por isso que mais uma vez estou aqui, trazendo uma receitinha saudável e, como sempre muito fácil de se fazer. Um peito de frango grelhado, magrinho, incrementado com um molho delicioso, que na verdade é um creme, que pode até ser usado em outras iguarias.

frango com creme de espinafre

Querem aprender? Continuem lendo…

FRANGO GRELHADO COM CREME DE ESPINAFRE:

INGREDIENTES:

4 filés de peito de frango
1 dente de alho espremido
2 colh. (sopa) de sálvia ou alecrim fresco picado (usamos alecrim)
1 colh. (sopa) de azeite extra-virgem (tbm pode ser óleo de coco)

PREPARO:

Misture o azeite, o alho e a erva escolhida, tempere o frango o reserve. Deixe tomar tempero enquanto prepara o creme de espinafre.

CREME DE ESPINAFRE:

2 colh. (sopa) de azeite ou óleo de coco
1/2 cebola ralada
1 maço de espinafre cozido, espremido e picadinho
1 colh. (sopa) de maisena
1 xíc. (chá) de leite desnatado
sal e pimenta-do-reino a gosto (uso pimenta branca)
2 colh. (sopa) de queijo parmesão ralado

PREPARO:

Aqueça o azeite (ou óleo) numa panela em fogo médio e refogue a cebola por uns 2 minutos. Adicione o espinafre e refogue por mais 2 minutos. Dissolva a maisena no leite e despeje na panela, mexendo até engrossar. Tempere com sal e pimenta e retire do fogo.
Misture o queijo e despeje em uma travessa.

MONTAGEM DO PRATO:

Grelhar o frango dos dois lados até dourar.
Servir acompanhado do creme.

*************************************************************************************************************************************************************************************************************************************

Esta receita foi retirada da revista GRELHADOS da Editora Alto Astral e adaptada para ficar mais light.

* Fica deliciosa e não deve nada à original. 🙂

DICAS DA ANDRÉA:

  1. Este creme é muito saboroso e vai bem com petiscos, salgadinhos, palitinhos do tipo grissini, que são pequenos bastões torrados e secos de pão, servidos como aperitivo, etc.
  2. A receita original leva manteiga, tanto para temperar o frango, quanto para refogá-lo e também no preparo do creme. Eu substituí por azeite ou óleo de coco para torná-la mais leve e saudável.
  3. Em vez de fritar o frango em frigideira, prefira a grelha ou o grill. (Aqui em casa ele foi feito na AirFryer). Seu frango ficará mais sequinho e sua saúde agradece. 😉
  4. O frango não leva sal devido à manteiga, que já é salgada (receita original). Mas se você preferir, pode colocar um pouco, desde que em quantidade moderada, já que o creme também leva esse tempero além de queijo parmesão, que já é salgado. Além de tudo, as ervas já deixam seu sabor no frango, não necessitando salgá-lo. Para quem já está acostumado, sabe bem do que estou falando.
  5. Você pode servir o creme sobre o frango, ou à parte, numa molheira, assim cada um se serve como preferir.
  6. No lugar do queijo parmesão ralado, você pode colocar ricota esfarelada, na quantidade desejada. Espinafre com ricota são uma combinação perfeita!

*************************************************************************************************************************************************************************************************************************************

E essa foi a DICA de hoje. Quem gostou dê um alô pra mim. Eu irei gostar muito de saber sua opinião.

Um beijão e fiquem com Deus. Até a próxima!

🙂

.

RECEITINHA SAUDÁVEL – SUPER CEASAR SALAD com MOLHO CASEIRO –   Leave a comment

Boa tarde, pessoal!!!!!

Hoje eu trago pra vocês uma receita de Salada Ceasar “turbinada” com outros ingredientes e incrementada por um molhinho delicioso. Chamei de Super Ceasar Salad. Fizemos aqui em casa no sábado e a gente não conseguia parar de comer. hahhahahah

Vejam como é fácil de fazer.

Super Ceasar Salad 1 Super Ceasar Salad 2

SUPER CEASAR SALAD: (by Karina)

INGREDIENTES:

  • 1 maço de alface americana lavada e picadinha em lascas (com as mãos mesmo)
  • 1 peito de frango temperado, grelhado e em tiras
  • rodelinhas de cenoura cozida
  • tomates em cubinhos (sem sementes)
  • queijo parmesão em lascas para decorar (ou ralado grosso)

PREPARO: 

Misture todos os ingredientes, reserve e prepare os croutons integrais.

CROUTONS INTEGRAIS:

  • 4 fatias de pão de forma integral (usamos o de chia e macadâmia da Wickbold, que é o meu favorito)
  • azeite extra-virgem a gosto
  • 1/2 colh. (chá) de sal
  • pimenta-do-reino branca moída a gosto

PREPARO DOS CROUTONS:

Croutons são cubinhos de pão-de-forma, temperados e torrados na manteiga. Aqui eu transformei a receita para ficar mais light e menos calórica, usando pão-de-forma integral e substituindo a manteiga por azeite (também pode ser utilizado o óleo de coco). Também é aconselhável usar pouco sal pois o pão já contém esse ingrediente. Na receita original era usada 1 colher (de chá) para cada 4 fatias de pão. Reduzi pela metade.

Para preparar os croutons, corte os pães-de-forma em cubinhos pequenos. Numa assadeira untada com azeite, distribua os quadradinhos e regue com um fio de azeite. Tempere com o sal e a pimenta a gosto e leve ao forno médio, pré-aquecido, por 10 minutos ou até dourar. Reserve.

MOLHO CASEIRO:

  • 2 dentes de alho
  • 1 colh. (sopa) de molho de mostarda e mel (aqui usamos o Liza, que é o favorito da minha filha e tem pouquíssimas calorias)
  • 2 colh. (sopa) de queijo parmesão ralado
  • 1/2 limão espremido
  • 1 gema cozida
  • 1 colh. (sopa) de molho inglês
  • 1 ou 2 colh. (sopa) de alcaparras (opcional)
  • 1/2 xíc. (chá) de azeite de oliva extra-virgem
  • sal a gosto

PREPARO DO MOLHO:

No liquidificador, bata todos os ingredientes, deixando o azeite por último. Vá adicionando-o aos poucos, batendo sempre até virar um creme homogêneo. Reserve.

MONTAGEM DA SALADA:

Adicione os croutons à salada, misture levemente e ponha o molho numa molheira à parte, para que cada um sirva-se como preferir.

Essa salada rende bem, mas não é suficiente, porque a gente não consegue parar de comer. rsrsrsrs

DICAS DA ANDRÉA:

  1. A receita tradicional da Ceasar Salad leva apenas alface americana, frango, croutons e queijo parmesão em lascas, mas adicionei outros ingredientes para enriquecê-la. Você pode usar os ingredientes que tiver disponíveis em casa como, milho, azeitonas, palmito, etc.
  2. A cenoura pode ser ralada crua, se preferir.
  3. Para fazer os croutons, normalmente se retira a casca do pão, mas eu prefiro não retirar, para aproveitar ao máximo. Você pode usar outro tipo de pão integral de sua preferência.
  4. Se você não tiver o molho de mostarda e mel em casa, use a mesma quantidade de mostarda clara ou escura.

Essa foi a receitinha de hoje. Eu espero que vocês gostem. Façam e me contem se ficou boa, viu?!

Um super-beijo e fiquem com Deus.

🙂

.

RECEITINHA FIT – PÃO-DE-QUEIJO DE FRIGIDEIRA –   2 comments

Olá, galera!!!!

Há muito tempo eu não posto uma receitinha aqui no blog pra vocês, não é mesmo?!…

Mas hoje resolvi experimentar uma que vi no Face de uma amiga e deu tão certo, que decidi postar pra vocês, não só por ser facílima de se fazer, mas também porque ficou uma delícia. (Inclusive a minha filha mais velha já fez essa mesma receita algumas vezes, porém sem o queijo ralado nem o sal – só a receita original mesmo).

Vocês sabem que eu só compartilho aquilo que eu testo e aprovo, não é mesmo?!… Pois essa receita foi super aprovada.

É o PÃO-DE-QUEIJO DE FRIGIDEIRA!

Claro que fiz algumas pequenas modificações, que detalharei direitinho aqui para facilitar, mas é tudo muito fácil e com pouquíssimos ingredientes.

Então… vamos à receita?

Pão de Queijo de frigideira 6 

PÃO-DE-QUEIJO DE FRIGIDEIRA:

(receita de Silvia Romano)

  • 4 colh. (sopa) rasas de tapioca hidratada
  • 1 ovo (clara e gema)
  • 1 colh. (sopa) de requeijão light

Pão de Queijo de frigideira 1

PREPARO:

Misture tudo muito bem e leve ao fogo numa frigideira. Quando estiver desgrudando o fundo, vire e deixe dourar do outro lado também.

Pão de Queijo de frigideira 2 Pão de Queijo de frigideira 3 Pão de Queijo de frigideira 4 Pão de Queijo de frigideira 5

=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=

DICAS DA ANDRÉA:

  1. Na minha opinião (de mineira) não pode existir pão-de-QUEIJO sem QUEIJO!… então coloquei queijo parmesão ralado (mais ou menos 1 colh. (sopa) cheia). Use a seu gosto.
  2. Mesmo colocando o queijo ralado, acho que necessita uma pitadinha de sal. Eu utilizei, como sempre, o sal rosa do Himalaia.
  3. Há um segredinho para não ficar com cheiro e gosto de ovo (para qualquer receita que se faça), que é retirar a película da gema do ovo, antes de adicioná-lo. 😉
  4. Em vez do queijo parmesão você pode usar outro queijo de sua preferência, basta ralar no ralo fino.
  5. Utilize uma frigideira pequena. Eu usei uma de 16cm de diâmetro (sendo que o fundo dela mede 12cm). Dessa forma a receita rende 2 pães-de-queijo. Se fizer tudo de uma vez ficará muito alto e pode ficar cru por dentro, a menos que use uma frigideira maior.
  6. Você poderá cortar o pão-de-queijo ao meio e rechear a gosto. Eu coloquei uma fatia fina de requeijão em barra e ficou maravilhoso.
  7. Pode rechear também com peito-de-peru ou outro recheio de sua preferência.

-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-

E aí, gostaram da DICA de hoje?

Se fizerem, me contem. É muito rápido e fácil. Qualquer um pode fazer.

Um super-beijo e fiquem com Deus!

🙂

.

Cozinhando na AirFryer –   2 comments

Olá, meus amores, tudo bem com vocês?

Hoje eu vim aqui falar um pouquinho da minha mais recente aquisição para a cozinha: o meu novo brinquedinho, a panela de cozimento por ar quente – a AirFryer da Philips Walita – que eu paquerava há mais de dois anos. Fiquei super-feliz com a minha compra, porque era algo que eu desejava há muito tempo, principalmente depois que adotei hábitos de alimentação saudável e praticamente cortei as frituras do meu cardápio. Como a maioria já deve saber, essa panela dispensa o uso de óleo em praticamente todos os pratos preparados nela. Eu estava doida de vontade de comer pastéis, batata “frita”, quibes e coxinhas… e agora… “voilá”! Eu já posso! E sem peso nenhum na consciência e no prato também. Os alimentos ficam crocantes, leves e super-saudáveis. É claro que não é igualzinho ao preparado na panela funda, cheia de óleo, mas garanto que não deve nada aos preparados no forno e com mais praticidade. Comprei há pouco mais de uma semana e ainda não testei muita coisa: preparei pastéis de queijo branco com orégano, mini-hamburgers, picanha fatiada, carne picadinha, batata-palito congelada (pré-cozida) e hoje fiz uma omelete. Só hoje eu decidi fotografar o passo-a-passo, portanto vou mostrar aqui como ficou a minha omelete (receita que já postei várias vezes, não é mesmo?).

Omelete na AirFryer 10

Fotografei também como ficou a carne picadinha, que, olhando ninguém diz que não foi feita numa grelha ou churrasqueira, ficou igualzinha!

churrasco na AirFryer

A panela da Philips Walita possui apenas dois botões: o da temperatura e o timer e é muito fácil de usar. O 1º passo para utilizar a AirFryer é aquecê-la durante 3 minutos para preparar qualquer receita. A temperatura nessa etapa deve variar entre 180° a 200°C de acordo com o alimento a ser preparado. A gaveta pode ser aberta a qualquer momento, mesmo no meio do tempo de cocção, para que você possa acompanhar o cozimento. Alguns alimentos precisam ser virados para dourar dos dois lados. No caso de batata-palito é necessário sacudir o recipiente para elas virarem ou mexer com o auxílio de um garfo ou espátula.

Vocês verão como foi fácil e bem prático para preparar a omelete:

Primeiro bati ligeiramente 3 ovos numa tigelinha e temperei com uma pitadinha de sal do Himalaia e orégano. Depois piquei fatias de peito de frango e requeijão macio (de corte), que usei como recheio. Misturei tudo e despejei na mini-assadeira que vem na panela. Não é necessário untar. A assadeira é de teflon de ótima qualidade, não gruda nadinha.

Omelete na AirFryer 1 Omelete na AirFryer 2

Programei o tempo de preparo para 10 minutos e fui abrindo em intervalos de 3 minutos, para verificar como estava o processo de cozimento. Faltando uns 4 minutos para terminar, a omelete já estava praticamente pronta e resolvi virá-la apenas para dourar o outro lado, já que tudo o que é feito na AirFryer só doura por cima.

Omelete na AirFryer 3 Omelete na AirFryer 5 Omelete na AirFryer 4 Omelete na AirFryer 6

Pronto! Aí está o resultado: uma omelete deliciosa, bem cozidinha, douradinha por fora e extremamente macia e cremosa por dentro (graças também ao requeijão utilizado no preparo), Olha só a situação…

Omelete na AirFryer 7 Omelete na AirFryer 8 Omelete na AirFryer 9

É isso aí… a minha 1ª aquisição para a cozinha assim que decidi levar uma vida mais saudável foi a centrífuga, onde preparo sucos verdes, os quais eu e minha filha consumimos na hora. Depois comprei um espremedor de laranja (suco que eu amo!). A minha meta seguinte seria mesmo a AirFryer e agora, já penso em qual será a próxima. Já tenho em mente o Grill inclinado, que elimina grande parte da gordura de certos alimentos. Aos poucos, vou juntando a graninha que preciso e então eu vou lá e compro. É claro que essas coisas não são baratas, mas acredito que seja um investimento excelente na nossa qualidade de vida, já que é muito melhor gastar com saúde do que com doença (comprando remédios, por exemplo).

E aí, o que acharam? Contem pra mim (se você possui uma panela desse tipo, quais são as receitinhas que você mais gosta de preparar nela? 😉

Um grande beijo e me aguardem com mais DICAS e receitas de comidinhas saudáveis feitas nessa belezura de panela.

Fiquem com Deus e até a próxima…

🙂

.

ACEROLA E SEUS BENEFÍCIOS –   2 comments

Boa noite saudáveis!!!

Tudo maravilhoso com vocês?

Hoje eu vou falar de uma frutinha tão pequenininha, mas tão pequenininha… que eu nem sei como pode caber tanta coisa boa dentro dela!!!

É isso mesmo! A Acerola: uma frutinha tão miudinha (pesa em média de 20 a 40g.), mas que contém tantos nutrientes que é até difícil citar todos. Mas vou começar falando que, além de muitas vitaminas, como  A, B1, B2 e B3, ela contém minerais como ferro, fósforo, potássio, cálcio. Bom, da vitamina C eu nem precisaria falar, já que todo mundo já deve saber que ela possui bastante, não é mesmo? Mas você sabia que ela é a fruta que possui o maior teor de vitamina C?  São 10 vezes mais do que a amora, por exemplo ou o caju, 20 vezes mais do que a goiaba, 80 vezes mais que a laranja e 100 (cem!) vezes mais vitamina C que o limão, minha gente!!!! É muito rica!!!! Em média, ela contém 1.400 mg. de vitamina C em cada 100g., ou seja, mais do que 1 comprimido (de 1g.) de vitamina C efervescente. Algumas variedades de acerola, podem atingir até 5.000mg. (5g.) de vitamina C em apenas 100g. de polpa da fruta. Quer dizer que, para suprir a necessidade diária de um adulto, bastaria ingerir de 3 a 4 frutinhas. Fora a vitamina A, que, se comparada à laranja, realmente impressiona: enquanto a laranja possui cerca de 20mg. de vitamina A, acerolinha conta com 76mg. (em cada 100g. de cada fruta). Essa vitamina evita, por exemplo a cegueira noturna, faz bem para a pele, unhas e cabelo.

acerola

Os maiores benefícios que a acerola proporciona estão diretamente ligados ao seu alto teor de Vitamina C (ácido ascórbico), que é o responsável por aumentar a resistência imunológica e muscular, acelera a cicatrização pós-cirúrgica, facilita a absorção do ferro e da vitamina E, previne gripes, resfriados, tuberculoses, diabetes, doenças hepáticas (disfunções do fígado), e acredita-se que até mesmo o câncer.  Essa poderosa vitamina vem sendo usada até mesmo em tratamentos de beleza, já que combate os radicais livres, que causam o envelhecimento precoce. Outro poderoso antioxidante é o carotenóide, responsável pela cor vermelha da frutinha, que é mais um componente da fruta que nos ajuda a permanecer jovens e belos.. rsrs… Quer mais motivos para incluir a acerola em sua alimentação???

Ela combate a fadiga, o esgotamento nervoso, stress e previne até mesmo doenças cardíacas. Auxilia em casos de hemorragias nasais e gengivais, dores musculares, reumatismo, desnutrição e anemia (devido à fixação do ferro).

Alguns problemas leves podem ser causados pelo uso da fruta, como náuseas, cólicas estomacais, diarreia, sonolência e até mesmo insônia. Ela é contraindicada para pessoas que fazem uso de medicamentos anticoagulantes. Ainda são desconhecidos problemas sobre a formação dos fetos, portanto é de bom senso evitar ou diminuir o consumo no período de gravidez e até lactação (alguns alimentos consumidos pela Mãe podem provocar cólicas e outros distúrbios nos bebês que estão em fase de amamentação).

DICAS DA ANDRÉA:

A fruta pode – e deve – ser consumida in natura (ao natural), além de poder ser usada no preparo de sorvetes, doces, licores, geleias e compotas, mas é no suco que ela tem a sua forma mais comum de consumo. Quer um café-da-manhã saudável, que te deixará cheio de energia? Faça um suco usando partes iguais da fruta e de água (1 copo cheio de acerolas lavadas, para cada copo de água gelada). Bata tudo no liquidificador, coe e adoce a gosto (de preferência com mel, açúcar mascavo ou outro adoçante natural).

Ela também pode ser adicionada na centrífuga, no preparo de seu suco verde.

acerola suco

Infelizmente, como tudo o que é bom dura pouco, a vitamina C, se perde algum tempo após o preparo do suco, por isso é que sempre ouvimos falar que o suco de laranja deve ser consumido logo depois de seu preparo (e é claro, o da acerola também). O ideal é consumir o suco em até 20 minutos após o preparo, para aproveitar em 100% os benefícios da vitamina C. O que não quer dizer que ele deva ser descartado após esse tempo, porque ainda contém muitos outros nutrientes.

Gostaram do post de hoje? Já sabiam de todos esses benefícios da acerola?

Eu adorei saber mais sobre essa frutinha tão saudável. Não gosto dela pura, pois acho muito azedinha pro meu paladar, mas uso um pouquinho de adoçante no suco e adoro! Conte pra mim como é que você faz?…

Um beijo e até a próxima. Bye….

🙂

Fontes de pesquisa:

  • Wikipedia
  • Acessa.com
  • Melhor com Saúde

.